Tratamento - CTMC


 
Home A Instituição Malformações Craniofaciais Tratamento Amamentação Agendamento Profissionais de Saúde Contato e Localização
 
Tratamento - CTMC

Tratamento



A única forma de correção é através de cirurgia. O tratamento deverá ser iniciado com cirurgias plásticas reparadoras, denominadas de queiloplastia (cirurgia de lábio) e palatoplastia (cirurgia de palato). Em relação ao protocolo cirúrgico, a primeira cirurgia de lábio é realizada normalmente aos seis meses de idade, aos 12 meses a palatoplastia, aos 7-9 anos o enxerto ósseo e à partir dos 15 anos a rinoplastia (cirurgia de refinamento do nariz). Dos treze aos dezoito anos avalia-se o crescimento facial e a necessidade de se fazer cirurgia ortognática.

É fundamental conhecer o que é a fissura e saber que essa malformação é passível de correção e não deve impedir o indivíduo de levar uma vida normal, mas que sem o devido tratamento, as fissuras podem provocar seqüelas graves, como a perda da audição, problemas de fala e deficit nutricional, além do sofrimento com o preconceito.

É possível a total reabilitação do paciente com fissura labiopalatal. Quanto mais cedo a intervenção, melhor. O tratamento é longo, tem início desde o nascimento até a fase adulta, passando por várias cirurgias corretivas e estéticas.

Esse tratamento conta com o apoio de uma equipe multidisciplinar envolvida nessa reabilitação, como médicos (cirurgiões plásticos e otorrinolaringologista), odontólogos, fonoaudiólogos, nutricionista, psicólogo e assistente social. A troca de informações entre os profissionais é fundamental para o tratamento da criança, pois um fator interfere diretamente no outro.




© 2012 CTMC - Centro de Tratamento das Malformações Craniofaciais. Todos os direitos reservados.